O bólide E23 Hybrid da equipa britânica para a temporada de 2015 passará a contar com um propulsor de origem Mercedes AMG.

A partir da próxima época, a Lotus F1 Team passará a utilizar motores Mercedes-AMG High Performance Powertrains, num contrato que será válido até ao final da atual geração de motores. A equipa da Lotus continuará a desenvolver e produzir as suas próprias transmissões em Enstone, no Reino Unido, onde já se está a desenvolver o monolugar da próxima época, o E23 Hybrid.

Recorde-se que atualmente, além da líder Mercedes-AMG Petronas, a Mercedes-AMG já fornece os motores para as equipas da McLaren, Williams e Force India. 

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes