A chinesa Geely, dona da Volvo e que recentemente adquiriu a marca britânica, prevê fabricar pelo menos um modelo no seu país de origem.

O homem forte da Zhejiang Geely, o milionário Li Shufu, disse à Bloomberg que a está a pensar em produzir um ou mais modelos da Lotus na China. A Geely adquiriu recentemente 49,9% da Proton e 51% da Lotus.

Li sublinha, no entanto, que a prioridade é tornar ambas as marcas rentáveis, de forma a evoluir de forma sustentável para a eletrificação, incorporação de materiais mais leves e inteligência artificial. Na calha poderá também estar a produção do primeiro SUV da história da marca. Em particular no que toca à marca britânica, o gestor espera ajudar a Lotus a ter uma amplitude global. Independentemente desta decisão, o quartel-general da Lotus continuará a ser no Reino Unido.

Recorde-se que, no final do ano passado, a Geely decidiu transferir a produção Volvo S90 para a China, medida que contribui para reduzir substancialmente os custos de fabrico.

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes